Pleasure of a Dark Prince — Kresley Cole


Pleasure of a Dark Prince (Não publicado no Brasil)

Personagens: Garreth MacRieve & Lucia

9º livro da série Immortals After Dark

Uma beldade perigosa

Lucia, a Caçadora: tão misteriosa quanto formidável, ela guarda segredos que ameaçam destruí-la — e aqueles a que ama.

Uma necessidade incontrolável

Garreth MacRieve, Príncipe dos Lykae: o brutal guerreiro Highlander que queima para finalmente clamar essa criatura enlouquecedoramente sensual como sua.

Levam a um prazer tão perverso...

Das sombras, Garreth vigiava Lucia por muito tempo. Agora, a única maneira de manter a caçadora orgulhosa a salvo do perigo é convencê-la a aceitá-lo como guardião. Para isso, Garreth vai explorar impiedosamente a maior fraqueza de Lucia — seu atrevido desejo por ele...

Lucia não era mais que uma menina quando foi seduzida e convencida a se casar com um deus “grego” de cabelos loiros que a fez sair do Valhala — a lendária residência dos deuses nórdicos; o problema era que, uma vez que partisse, a Valquíria desgarrada não poderia mais voltar. Então, certa de que teria um futuro brilhante com o noivo, Lucia parte... E descobre que o rapaz de belos olhos claros era, na verdade, um monstro, o deus do canibalismo.

Depois de muita luta, Lucia consegue fugir e, com a ajuda da meia-irmã Regin, a Radiante, vai parar no templo de uma deusa que era inimiga mortal de seu marido. A deusa concorda em fazer de Lucia uma de suas guerreiras possuidoras do dom de atirar com arco e flecha, com a condição de que a) ela nunca, jamais, em hipótese alguma, errasse o alvo e b) que Lucia se mantivesse casta. Por ter sido casada com Crom Cruach, se manter longe de um homem não seria um sacrifício tão grande.

Pelo menos até um lobisomem teimoso aparecer no caminho dela e reconhecê-la como parceira. O príncipe-e-rei-relutante-em-aceitar-o-trono Garreth MacRieve não conseguia aceitar a morte do irmão mais velho, e abandonou a casa da família na Escócia para ajudar os Lykae que se mudaram para Nova Orleans. Durante um jogo sujo com um grupo de demônios, Garreth vê dois Kobolds sendo perseguidos por uma Caçadora, e reconhece nela sua parceira.

Apesar da relutância de Lucia, Garreth sabia que foram feitos um para o outro. Nem a hesitação dela o faz perder as esperanças e tentar conquistar aquela a quem considerava dele, e isso o leva a uma caçada ao redor do mundo...

Minha opinião:

Adoro livros com personagens escoceses. E com lobisomens. E sim, um lobisomem escocês que chama a mocinha de “Lousha” quase me deu um orgasmo... Não consigo parar de pensar em Garreth MacRieve sussurrando meu nome... *se derrete* E um lobisomem highlander que persegue a mocinha até a Amazônia (!) para ajudá-la com uma missão misteriosa e para protegê-la de todos os males... É irresistível.

Adorei que a Lucia fosse tão esquiva. Deu o tom perfeito de aventura e drama — com o bônus de que eu não quis que ela morresse por rejeitar o Garreth. Mesmo porque, é fácil perceber que ela queria ficar com ele — deve ser pelos milênios de celibato forçado —, mas tendo a missão de lutar e derrotar o maridinho querido durante cada Adesão, ela precisaria das habilidades com o arco. E é justamente o arco, ou melhor, a dor de um alvo perdido, que dá as Valquírias a chance de capturar Garreth — isso é abordado em A Hunger like no Other.

Garreth é uma coisinha muito linda, sexy e fofa! Onde eu consigo um desses?! Sem contar a devoção total a Lucia — mesmo quando ele a persegue, não fez as besteiras que o Lachlain fez com a Emma —, ele sempre deixa claro que tudo aconteceria quando ela estivesse disposta, o príncipe dos Lykae também se recusou a assumir o trono que pertencia ao irmão, pois não havia provas de que o Rei Lachlain realmente houvesse morrido.

Então, com a ajuda de tia Nïx, unindo mais um feliz casal, também somos (re)apresentados a maluca Regin, Izabel, uma humana amaldiçoada a trocar de corpo e apaixonada pelo capitão do navio de Lucia, o Dr. Rossiter, que está morrendo de insônia e, finalmente, ele: Lothaire, o antigo inimigo. Depois de ter aparecido em Kiss of a Demon King, Lothaire dá as caras aqui e rouba um anel, causando a fúria de uma feiticeira mumificada poderosíssima. *medo*

Honestamente, de todos os lobisomens, Pleasure of a Dark Prince é o meu preferido, e já dá o passo inicial para os livros da Carrow e da Regin. E não é exagero dizer que, até que a bruxa permanentemente encarcerada e a Valquíria reluzente contem suas histórias, muita água vai rolar. E eu estou louca para ver o que Kresley Cole está planejando para os próximos.

7 Comentários
  • Afff

    Cada vez mais perdida, sigo tentando ler o Lothie e ainda por cima... descubra que aqui atrás é que tá o anel...???????????

    Brigado cunhada... vc realmente deletou meu cerebro...
    bjos
    Mara

  • Cunhada! kkkkkkkkkkkk

    O Anel ainda participa dos dois próximos livros. E deve dar as caras de novo, ok? kkkkkkkkkkkkkk

    Bjos

  • Ok, dizer que to lesada é pouco... confusa então seria elementar...

    No momento só posso afirmar estou sem folego vendo o Lothie comer waffer de Mirtilo com xarope...

    bjos
    Mara

  • "No momento só posso afirmar estou sem folego vendo o Lothie comer waffer de Mirtilo com xarope..."
    *babando*

    Bjos

  • Ai Lidy mais uam resenha dos Imortais que me deixou doida pra ler o livro, adoro um lobisomem/escoses/tdb maravilhoso!!!

    Achei muito legal o lance da Amazônia! Se passa aqui um trecho então?

    Entrou pra lista de leituras.

    Bjs

  • "No momento só posso afirmar estou sem folego vendo o Lothie comer waffer de Mirtilo com xarope..."
    *babando*[3]

  • Rafa!

    A maior parte do livro se passa na região da Amazônia, sim! E pode ler o livro porque é ótimo! rs

    Bjos

  • Comente!