Doce Vingança de Amor — Jacqueline Baird


Doce Vingança de Amor (A Most Passionate Revenge) — Sabrina 1178

Personagens: Rosalyn “Rose” May & Xavier Valdespino

Era impossível resistir ao homem da sua vida!

Dez anos depois de romperem o relacionamento, Xavier Valdespino reaparece na vida de Rose. Ele aproveita a oportunidade para chantageá-la a casar-se com ele e para resolver um mal-entendido que ficou esquecido no passado...

Rose sabe que Xavier a culpa por algo que ela não fez e agora ele usa a intensa atração sexual que ainda existe entre ambos para vingar-se... Através da paixão!

Rosalyn May era uma modelo famosa que, aos dezenove anos, conheceu o playboy espanhol Xavier Valdespino e se apaixonou por ele. Depois de uma noite juntos, ela descobre que Xavier estava de casamento marcado com outra e foge sem dar maiores explicações. Agora, dez anos depois e formada em medicina, Rose e Xavier se reencontram quando a prima dela fica noiva do sobrinho dele. Felizmente para Rose, não havia como Xavier associar a modelo Maylyn a uma respeitável médica recém-chegada da África.

Xavier tinha planos que envolviam Rose, a mulher que o abandonou e feriu dez anos antes. Em troca da cooperação dela com um casamento forçado, Xavier promete não destruir o relacionamento da prima dela com o sobrinho ao apresentar Jamie à vida de playboy. Sem opção, Rose aceita, mas sabia que Xavier não pararia ali...

Minha opinião:

Eu estava l-o-u-c-a para ler um livro com mocinho arrogante, petulante e cretino. E que melhor representante que os companheiros mediterrâneos? Confesso que decidir entre gregos, italianos e espanhóis foi difícil, mas até eu lembrar desse livro aqui. Xavier é exatamente o que eu descrevi aí em cima, e todas essas “qualidades” são elevadas à milésima potência por causa de um distorcido senso de justiça e sentimento de vingança. Ui.

De modo geral, eu gostei da Rose, mas nunca vou entender essas mulheres que se deixam chantagear como uma mocinha de novela e aceitam todas as besteiras que os mocinhos jogam em cima delas, acreditam em tudo o que os outros dizem e carregam as dores do mundo nas costas. Quero dizer, Rose não é uma mocinha de um romance Florzinha/Barbara Cartland, mas uma médica que passou dez anos sem sexo — só teve um amante depois de Xavier e mesmo assim ela não conseguia se esquecer dele — e vira uma adolescente babaca sempre que ele olha para ela. Na boa, ela devia era ter mandado ele ir catar coquinho quando ele apareceu com aquela chantagem de casamento! E o pior é que o homem usa o sexo para se vingar... Um tiro pela culatra, na minha opinião, porque o sexo entre os dois parecia muito bom!

Então, Doce Vingança de Amor tem a clássica fórmula mocinha semi-virgem + trilhardário europeu com complexo de superioridade + vingança. Eu teria gostado mais se Xavier tivesse sofrido por mais umas dez ou vinte páginas, rastejado e implorado perdão. Infelizmente, ele precisou de ajuda, mas pelo menos as coisas entre eles foram esclarecidas.

3 Comentários
  • Oi Cunhada!

    Eu acho que não compreendi direito,

    ... PÁRA tudo... ele se envolveu com ela, estando as portas do casamento e ainda quer vingança??????????

    Cunhada, eu no lugar dessa Rose, dava um bom arrastaDoncoill nesse babaca e ainda desfilava com outro bem na frente dele... afff

    Mas, enfim... formula feita... leitura que nos atrai... nem se for apenas pra detonar na resenha né? ... rrsrs

    bjos
    Mara

  • "... PÁRA tudo... ele se envolveu com ela, estando as portas do casamento e ainda quer vingança??????????"
    Cunhada... Infelizmente esse é o tipo de coisa que a gente só descobre se ler kkkkkkkkkkkkk Pensa num spoiler cabeludo kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Eu faria o mesmo, mas a Rose não conseguiu nem dormir com outro... em nome do amooooooorrr. kkkkkkkkkkkkk

    E sim, eu gosto até de ler livros ruins pra poder falar mal depois. kkkkkkkkkkkkkkkk

    Bjos

  • kkkkkkkkk Bem a nossa cara!!!!

  • Comente!